Redação G8 News
jornalismo@g8news.com.br

 

Ser mãe não é uma tarefa fácil. Ser mãe significa mudar a sua vida, as suas prioridades, o seu tempo, o seu pensamento, é se doar para levar seus filhos adiante e ensiná-los a viver. Mas é também ter uma razão de ser para o resto da vida. E ser mãe de primeira viagem é um grande desafio e experiência.

Tem mães que não conseguem desgrudar da porta do quarto de seus bebês, já outras ficam angustiadas quando não conseguem conter o choro do filho. E ainda tem um terceiro grupo que se descabela na dúvida sobre se o bebê está mamando bem ou não. E aí, para essas mães, este é um dos momentos em que a sogra se torna a visita mais desejada da casa.

E para ajudar essas novas mamães, separamos cinco dicas valiosas que certamente vão te ajudar.

1- Saiba que é normal o bebê chorar

Os bebês podem chorar uma média de até três horas por dia, você sabia? Se você já checou a fralda, tentou amamentar, verificou se a roupa ou posição não estão incomodando e, ainda assim, o bebê continua chorando, simplesmente espere passar. Pediatras ainda recomendam conversar com o bebê para a mãe se acalmar e também tranquilizar a criança. Depois dos três primeiros meses, a quantidade dos choros irá diminuir.

2- Fuja dos palpiteiros de plantão

Todo mundo tem na família ou amigos (e até desconhecidos) que vão querer ficar palpitando sobre essa sua nova fase. Simplesmente, não dê ouvidos. Existem certos palpites, que não devemos nem escutar. Esse é um momento diferente, difícil, cheio de desafios. O que uma mãe menos deseja nessa fase, são mais cobranças, como se as que já tivesse não fossem suficiente. Nessas horas, vale até aquele bordão: “Não de palpites, dê fraldas”.

3- A pele muda mesmo, não precisa se desesperar

Principalmente no primeiro mês de nascido, o aparecimento de placas avermelhadas na pele será comum, principalmente no rosto, e não há causa definida para isso. Outro problema que é bastante comum é o ressecamento da pele, e isso é fácil de imaginar o motivo. O bebê passou meses envolto no líquido amniótico, então descamações já são esperadas nas primeiras semanas de vida.

Para não piorar essas e outras mudanças naturais da pele do bebê, algumas medidas são importantes de serem adotadas. A primeira delas é vestir o bebê apenas com roupas de algodão. Também não se esqueça de lavar as roupas com sabão neutro, e nada de usar amaciantes.

4- Esqueça a sua antiga rotina

Uma das maiores dificuldades das mamães de primeira viagem, é que elas tentam manter a todo custo a sua antiga rotina. Mas elas se esquecem, que o bebê está nem aí para isso. Principalmente nos primeiros meses, certamente o seu filho irá te acordar várias vezes pela madrugada. Então, se você em algum momento conseguiu colocar ele para dormir, essa é hora de você dormir também.

Depois de conseguir dormir e renovar as energias, você precisa cuidar de você. Faça as unhas, penteie o cabelo, troque de roupa, tome banho, se é o seu costume, coloque uma maquiagem. O importante é que você não deixe de lado a sua autoestima, enquanto fica andando de pijama pela casa.

5- Socialize

Evidentemente, as saídas só com o marido e os amigos não serão mais tão frequentes como antes, e claro, também não serão sem hora para voltar para casa. Mas ter um momento com o marido em meio a essa fase, também é importante para você, para o seu companheiro e para o casal. Socializar com os amigos também é muito importante para que você possa relaxar. Sim, você pode sair para passear, conversar com adultos e fazer um programinha que não envolva os bebês. Em alguns momentos, vale inclusive a mamãe e o papai revezarem para poder sair de vez em quando.

Mas não se preocupe. No fim, tudo acaba dando certo. Essa fase é curta, eles crescem rápido e lá na frente, você olhará para o passado e até vai sentir saudades.