A menos de 3 meses das eleições de 7 de outubro, pesquisas disponíveis em 21 unidades da Federação indicam que as disputas podem ser definidas já no 1º turno no seguintes estados: Alagoas, Bahia, Goiás, Maranhão e Piauí. Em todos os demais há ainda grande indefinição.

Se a eleição fosse hoje, venceria quem tem mais intenção de votos do que todos os adversários somados. Esse cenário só é observado em apenas 5 estados no momento, foi o que revelou um levantamento feito pelo Poder360 ao analisar mais de 300 pesquisas de intenção de voto a respeito das disputas de 2018.

Esse número pequeno de líderes claros nas eleições para governador nos Estados é pouco usual a esta altura da campanha. Em outras eleições, nesta época, havia mais certeza sobre quem poderia ser o vencedor.

Também chama a atenção o fato de que 11 governadores que tentam se reeleger não estejam em 1º lugar nas pesquisas. Márcio França (PSB), em São Paulo, e Robinson Faria (PSD), no Rio Grande do Norte, nem sequer aparecem na tabela abaixo, pois estão com baixa intenção de voto.

Em Alagoas (Renan Filho, MDB), Bahia (Rui Costa, PT), Maranhão (Flávio Dino, PC do B) e Piauí (Wellington Dias, PT), os atuais governadores lideram nas pesquisas com a maioria absoluta dos votos.