Redação G8 News
jornalismo@g8news.com.br

 

A advogada Sílvia da Silva Carvalho, de 56 anos, foi sequestrada e assassinada a tiros em Feira de Santana, na noite desta terça-feira (26). De acordo com a polícia, o crime ocorreu por volta das 20h30, na Estrada do Alecrim Miúdo, na Fazenda Jenipapo II, distrito da Matinha. Sílvia morava no bairro de Baraúnas.

Ainda de acordo com a polícia, quatro homens que estavam em um veículo seguiram a advogada quando ela saiu do escritório, que fica em frente ao Complexo de Delegacias do Sobradinho, por volta das 19h20. Sílvia foi morta com cerca de cinco disparos de arma de fogo. O delegado Gustavo Coutinho informou que a secretária da advogada também foi levada na ação, mas foi liberada. Ainda abalada pelo episódio, ela contou ao delegado que não conseguiu ver características físicas dos bandidos, porque eles cobriram o rosto dela com um pano.

Após o crime, os bandidos abandonaram o carro da advogada no acostamento da BR-116, há 3 km da entrada do distrito de Maria Quitéria. O corpo da advogada foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT).