OUÇA ESTA REPORTAGEM:

O governador Rui Costa será ausência sentida no ato de lançamento da pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, no próximo dia 27 de maio, em Salvador. O evento ocorrerá dentro do Congresso Estadual da Juventude do PT, na Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e não deve contar com a presença do governador que é da mesma legenda.

O anúncio foi do presidente estadual do PT, Everaldo Anunciação, e, segundo ele, atende a uma orientação da Executiva Nacional do partido e um pedido do próprio Lula. Anunciação garantiu que a candidatura do ex-presidente deverá ser registrada em 15 de agosto e minimizou a ausência de Rui no ato político, afirmando que o governador deve participar apenas da atividade que será realizada em junho.

Everaldo Anunciação é presidente do PT baiano

Rui é uma das lideranças petistas que já dá demonstrações públicas de que a agremiação deve buscar logo uma alternativa a Lula, chegando a cogitar apoio a um nome de outro partido. Com essa declaração, o governador baiano apimentou a moqueca petista e entrou em rota de colisão com a senadora paranaense Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT e porta-voz credenciada por Lula.

Mesmo preso desde 7 de abril deste ano, na sede da Polícia Federal em Curitiba (PR), o ex-presidente Lula continua liderando todas as pesquisas de intenção de voto.