O líder do PR na Câmara, deputado José Rocha (BA), disse que a legenda está dividida entre apoiar as pré-candidaturas de Jair Bolsonaro (PSL) ou do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Apenas uma pequena parcela estaria propensa a apoiar Ciro Gomes (PDT).

Segundo o parlamentar, as alianças estaduais contribuem para essa divisão. “A bancada está meio a meio. Há deputados que preferem Bolsonaro e outros que são favoráveis a apoiar o Lula. O Valdemar (Costa Neto) tem um mapa de como estão as disposições regionais”, disse.

Questionado sobre a contraditória indecisão, Zé Rocha atirou uma de suas pérolas: “O PR está próximo ao centro. Se for com Lula, será próximo da centro-esquerda. Se for Bolsonaro, estaremos com a centro-direita”.

Nessa loteria eleitoral, enquanto a sua bancada fica na coluna do meio, o deputado baiano prefere cravar um triplo: Se der Lula, está bom para ele; se for Bolsonaro, melhor; mas, por enquanto, o empate é mais vantajoso para o jogo da barganha política.

Só não pode dar zebra no final.