Por Raphael Minho
Twitter: @RaphaelMinho

 

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) manteve a liderança em nova pesquisa eleitoral para a presidência da República nos cenário sem o ex-presidente Lula, de acordo com a pesquisa MDA, divulgada nesta segunda-feira (14), pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). A pesquisa ouviu 2.002 eleitores, entre os dias 9 e 12 de maio, em 137 municípios de 25 estados, com margem de erro de 2,2% e 95% de nível de confiança.

Na pesquisa anterior divulgada em março, Bolsonaro oscilou para baixo, porém, dentro da margem de erro, ficando com 18,3% das intenções de voto. O carioca é seguido pela ex-senadora Marina Silva (Rede) que alcançou 11,2%  e pelo ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), que chegou a 9% na pesquisa. Já Geraldo Alckmin (PSDB) mostra sinais de desgaste caindo de 8,6% para 5,3% no último levantamento.

Também tiveram a sua popularidade avaliada na pesquisa o senador Álvaro Dias (Podemos) com 3%; o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) com 2,3%; o ex-presidente Collor (PTC) com 1,4%; a deputada estadual Manuela D’Ávila (PCdoB) com 0,9%; o coordenador do MTST Guilherme Boulos (Psol)  e o empresário João Amoedo (Novo) com 0,6% cada um; o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) com 0,5%; o empresário Flávio Rocha (PRB) com 0,4% e o ex-presidente do BNDES Paulo Rabello (PSC) com 0,1%.

Os brancos e nulos somaram 29,6% e os indecisos chegaram a 16,1%.