Para o ex-governador da Bahia, o presidente Michel Temer (MDB) não tem “legitimidade” nem “liderança política” para negociar e dar um fim à greve dos caminhoneiros.

Ex-governador da Bahia e ex-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner (PT) pediu mais uma vez a soltura do ex-presidente Lula, desta vez por um motivo diferente: negociar com os caminhoneiros e dar um fim à greve que já dura nove dias.

Para Wagner, o presidente Michel Temer (MDB) não tem “legitimidade”, “liderança”, nem “autoridade política” para negociar. “O governo atual não tem nenhuma credibilidade e nenhuma competência para fazer. Soltem Lula que ele resolve essa bagunça em 48 horas”, pediu nesta terça-feira (29) em sua página no Facebook. Informação de Bahia.ba