Pesou na decisão dos oposicionistas o fortalecimento das candidaturas proporcionais, deputado estadual e federal,  e ao Senado, que terá mais possibilidade de acontecer com uma única candidatura majoritária do grupo. O cabeça de chapa ainda não foi definido, mas não é difícil prever que Zé Ronaldo tem hoje maior possibilidade de ser confirmado como tal. Falta definir o vice e o outro nome para o Senado.