Fogo amigo ou outro alvo? O que estaria por trás da declaração de apoio do deputado federal Fernando Torres (PSD) a candidatura de Lídice da Mata (PSB) ao Senado?

Em entrevista ao Metro1, o pessedista afirmou “ter simpatia” e ser torcedor da candidatura de Lídice para o Senado. Ainda de acordo com a publicação, ele diz que é partidário e vai seguir a orientação do partido.

 

Nos bastidores comenta-se que o petardo de Torres teria sido em direção a Jaques Wagner, que tem a garantida de uma vaga à Câmara Alto do Congresso Nacional, ou ao vice João Leão (PP), uma vez que o pessedista mantém relação de amizade com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Angelo Coronel, que deve disputar o Senado pela legenda.