O medo de perder votos para o concorrente, tem feito o tucano Jutahy Jr., pré-candidato ao Senado na chapa oposicionista baiana, resistir à confirmação do nome do deputado federal Irmão Lázaro (PSC) para a outra vaga à Câmara Alta.

Informação veiculada pelo Metro1, revela que o grupo do pré-candidato ao governo da Bahia, José Ronaldo (DEM), também não trabalha com a hipótese do ex-cantor de axé-music, convertido ao protestantismo,  ser candidato a vice na chapa da oposição.

O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB) defendeu abertamente que o colega de Câmara fique com o posto de vice ou seja candidato ao Senado, mas a primeira alternativa tem sido descartada pelos coordenadores da campanha.

O samba-reggae continua desafinado nas hostes oposicionistas.

Ao social-cristão só interessa o Senado, pretensão carimbada pelo próprio PSC. O partido, inclusive, já ameaçou lançar candidatura avulsa.

Para conter o fogo santo do PRB, a vereadora Ireuda Silva poderia ser alçada a vice e Lázaro ficar com o Senado, apesar da resistência de Jutahy, que quer enterrar o sonho do ex-vocalista do Olodum.

O tucano só não pode esquecer que, tal qual o xará bíblico, Lázaro tem o poder da ressurreição. Neste caso, ressurreição eleitoral embalada pelo rebanhão que o acompanha. (JB)