Por Raphael Minho
Twitter: @RaphaelMinho

 

Durante essa semana, publicamos aqui no G8 News que aliados de Doria estavam trabalhando nos bastidores para emplacar o nome do empresário na corrida presidencial, que inclusive, tem o apoio de outro empresário, Flávio Rocha, ex-presidente da Riachuelo e pré-candidato pelo PRB. E o que parecia estar sob o controle dos alckminstas, pode gerar novos debates dentro da legenda sobre o seu representante na disputal à Presidência da República.

Isso porque o nome do ex-prefeito de São Paulo, João Doria, foi incluído na pesquisa realizada pelo instituto Ipsos, deixando os aliados de Geraldo Alckmin de cabelo em pé, pois tudo o que eles menos queriam era uma especulação sobre o presidenciável da legenda. Na última pesquisa, realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), Alckmin tinha perdido pouco mais de três pontos percentuais e somava apenas 5,3% das intenções de voto, o que oxigenou o debate sobre a viabilidade da candidatura do ex-governador de São Paulo. Caso a pesquisa revele um desempenho superior de Doria, o clima nos bastidores tucano deve esquentar.

 

LEIA TAMBÉM: