Cuidar da pele na troca de estação pode não ser uma tarefa fácil. A pele pode ficar um pouco mais seca ou não se adaptar tão bem à rotina atual. Quem não quer trocar todos os produtos do armário, no entanto, pode se perguntar: como fazer essa transição da melhor forma para a cútis e para o meio ambiente? Convidamos a Youtuber e expert em Slow Beauty Karina Viega para mostrar o caminho para a gente. Entre as dicas estão algumas bem surpreendentes, como deixar o sabonete de lado ao lavar o rosto pela manhã.

Ela é palestrante do Slow Market Beauty, o primeiro evento que reúne marcas de beleza naturais, orgânicas e veganas e que é focado nesse movimento que pede desaceleração na hora dos cuidados — e também maior conexão com a natureza. Ele acontece nos dias 25 e 26 de agosto na CaZa+. Conheça o site do evento para saber mais.

Você muda algo na sua rotina de cuidados quando acontece a troca de estação? 

Sim! Minha pele é naturalmente seca e no inverno tal característica se agrava (nessa estação a umidade do ar tende a diminuir, fato que afeta a hidratação da pele). Sendo assim, preciso tomar algumas atitudes para contornar:

– Interrompo o uso de sabonetes e passo a adotar métodos mais suaves e naturais para higienização da pele, tais como: higienização por meio de argila, loções de limpeza sem surfactantes pesados, leites de limpeza de composição natural, etc.

– Escolho hidratantes mais potentes, aqueles cuja composição é mais densa e rica em óleos e manteigas vegetais.

– Passo a combinar meus hidratantes faciais e corporais com óleos 100% vegetais, quer seja misturando ambos, quer seja aplicando uma camada de óleo por cima do creme hidratante.

– Carrego comigo sempre algum Hidrolato ou Água Floral para borrifar sobre a pele e cabelos várias vezes ao dia.

Você recomenda adicionar algum óleo na rotina durante essa época do ano?

Todo óleo 100% vegetal atua como regulador do manto hidrolipídico da pele (a camada externa protetora formada por sebo e água). Logo, caso a pele esteja ressecada, quer seja pela deficiência de produção de sebo quer seja pela insuficiência de hidratação interna, apenas o ato de aplicar algum óleo vegetal logo após o banho (momento ideal para “selar” a água na pele) irá prevenir a desidratação. Portanto, nessa época do ano, super indico a adoção de qualquer óleo vegetal  na rotina de cuidados com a pele.

Karina Viega


Contudo, há sim óleos cuja composição de ácidos graxos faz com que sejam mais densos, de absorção mais lenta pela pele, como: 
óleo de coco, óleo de paracaxi, óleo de babaçu, óleo de amêndoas e óleo de abacate.

Aos que desejam e/ou precisam de proteção prolongada contra ressecamento no inverno (geralmente quem já possui pele seca), lançar mão de tais óleos pode ser boa alternativa.

Podemos combinar óleos nessa estação? Quem se beneficia do óleo de semente de uva por exemplo, pode inserir o de coco para hidratar melhor a pele?

Claro! Óleos mais densos (como os mencionados na pergunta anterior) se tornam melhor aceitos por peles normais/oleosas quando misturados com óleos mais suaves como o de uva, o de girassol e o de semente de maracujá.

Como a gente pode cultivar melhor os hábitos de cuidados com a pele no inverno? 

Três dicas de ouro: Primeiro, evitar banhos quentes demorados. E, se possível, lavar o rosto apenas com água em temperatura ambiente ou levemente morna. Depois, evitar sabonetes de limpeza pesada, pois eles removem também a hidratação é a oleosidade natural que a pele tanto precisa para se manter saudável e hidratada. Por fim: reponha a hidratação da pele! Quer seja por meio de cremes hidratantes, quer seja por meio do potencial regulador do manto hidrolipídico dos óleos vegetais puros.

Como ter o efeito das máscaras faciais mantendo a hidratação? 

Se um determinado produto passa a não doar o efeito espera com a mudança de estação, interrompa o uso. Outra alternativa é buscar opções mais suaves. Por exemplo, a argila branca é mais suave do que a verde e, portanto, irá tratar a pele de forma parecida sem deixar a sensação de ressecamento.

Da perspectiva do slow beauty, como fazer essa transição de estação sem se preocupar tanto com muitas compras ou sem ter que inserir muitos produtos industrializados?

Pesquise sobre óleos vegetais puros, escolha algum cujas características lhe atraia, e pronto! Não será necessário mais nada. Com um óleo vegetal 100% natural em mãos há com potencializar o efeito “anti ressecamento” de qualquer cosmético, basta misturar algumas gotas de óleo vegetal à quantidade comumente utilizada do produto em questão. Além disso: dá para suavizar um sabonete facial fazendo o mesmo truque. Dica: apenas misture o produto com o óleo na hora de aplicar!