Redação G8 News
jornalismo@g8news.com

 

Nem mesmo as polêmicas em volta do nome dele, fazem o recuar. Mais uma vez, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, mandou soltar nesta segunda-feira (28), mais dois presos na Operação Pão Nosso, desdobramento da Lava Jato, no Rio de Janeiro, que apura fraudes no sistema penitenciário.

De acordo com o G1, as prisões haviam sido autorizadas pelo juiz Marcelo Bretas, da Justiça Federal fluminense. Foram liberados o ex-secretário estadual de Administração Penitenciária Cesar Rubens Monteiro de Carvalho e Sérgio Roberto Pinto da Silva, apontado como doleiro.

Com essas decisões, já são 14 presos liberados pelo juiz Bretas em menos de duas semanas.