Redação G8 News
jornalismo@g8news.com.br

 

Os advogados do ex-ministro Antonio Palocci, preso em Curitiba, estão tentando fechar um segundo acordo de delação premiada, dessa vez com a força-tarefa da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal de São Paulo. Pallocci já tem um acordo de delação com a Polícia Federal do Paraná. A conversa com o Ministério Público Federal de São Paulo seria porque os supostos crimes teriam acontecido no estado. O ex-ministro quer relatar casos envolvendo antigos clientes da sua consultoria Projeto e operadores do mercado financeiro.