Redação G8 News
jornalismo@g8news.com.br

 

Após sofrer duras críticas dos parlamentares pelas dificuldades na condução das tratativas com os caminhoneiros que estão paralisados, passou a ser ventilada no Congresso Nacional uma possibilidade de derrubar o presidente Michel Temer (MDB), mesmo faltando menos de um ano para o fim do seu mandato.

De acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, em uma reunião a portas fechadas, um parlamentar da base do governo defendeu a saída de Temer, mas recebeu negativas dos colegas e até da oposição.

A senadora baiana Lídice da Mata (PSB), segundo a coluna, defendeu a permanência do presidente. Ela afirmou que diante do atual cenário, Temer precisa ficar no cargo até o fim do mandato. O presidente do Senado e correligionário de Temer, Eunício Oliveira, reforçou o discurso contrário à saída do chefe do Executivo: “Essa conversa de golpe comigo não prospera”.