As consequências da greve dos rodoviários só não têm sido piores, como em outros tempos, devido ao funcionamento do sistema metroviário, que em parte tem garantido a mobilidade na capital baiana. O movimento é intenso desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira (23).

Na estações Rodoviária, Acesso Norte e Lapa desde as 6h os vagões já partiam e chegavam lotados, e com muitos passageiros em pé. Depois de pegar o metrô, muitas pessoas ainda dependiam do transporte complementar para chegar em outros pontos da cidade e os veículos chegavam muitas vezes, também lotados.

Mesmo assim, CCR Metrô informou ao portal G1 que não houve aumento no número de passageiros em relação à média que trafega diariamente.