Redação G8 News
jornalismo@g8news.com.br

 

O romance está no ar neste Dia dos Namorados. Diversos filmes já foram lançados para a diversão de casais e solteirões, e é sempre bom ver o amor de um casal florescer. Confira uma lista dos melhores longas para assistir com o mozão ou sozinho.

 

1- Casa comigo?

Anna (Amy Adams) viaja a Dublin, Irlanda, para pedir o namorado Jeremy (Adam Scott) em casamento. Segundo a tradição local, o homem não pode recusar um pedido feito no dia 29 de fevereiro. Após contratempos na viagem, Anna vê-se obrigada a pegar carona com o charmoso e grosseiro Declan (Matthew Goode), dono de uma hospedaria. Logo, o que deveria ser uma simples travessia ganha rumos inesperados.

 

2- Simplesmente acontece

Alex e Rosie são amigos inseparáveis que cresceram juntos em Londres, compartilhando entre si suas melhores experiências. Tudo muda quando Alex ganha uma bolsa de estudos e passa a morar nos EUA. Separados, seus caminhos agora são outros. Mas nos tempos de hoje é impossível não se conectar. E, em se tratando de amor, o difícil é fazer as escolhas certas.

 

3- Gatos, Fios Dentais e Amassos

Baseado nos livros de Louise Rennison, esta história segue Georgia Nicholson, uma garota de 14 anos de idade que tenta cortejar Robbie, um dos gêmeos fraternais. Propensa a se meter em situações embaraçosas e preocupada com o casamento de seus pais, ela descobre que ser um adolescente pode dar dor de cabeça.

 

4- Namorados Para Sempre

Um casal de classe média tenta reacender a chama de seu casamento durante uma viagem de fim de semana. Apesar de ainda serem jovens, os dois já estão marcados pela vida suada que levam juntos e pelas experiências que tiveram no passado.

 

5- Escrito nas Estrelas

Em um apressado dia de 1990, Jonathan conhece Sara. Dois estranhos em NY, seus caminhos se cruzam em um feriado, sendo que logo sentem entre eles uma atração mútua. Apesar do fato de ambos estarem envolvidos em outras relações, Jonathan e Sara passam a noite andando por Manhattan. Quando a noite chega ao fim, os dois são forçados a determinar algo como seu próximo passo. Quando Jonathan sugere uma troca de telefones, Sara rejeita e propõe uma ideia que dará ao destino o controle de seu futuro.