Guilherme Boulos, pré-candidato a presidente da República do PSOL, classificou a condenação e a prisão do ex-presidente Lula (PT) como uma verdadeira “sacanagem”. A declaração foi feita durante entrevista concedida à Rádio Metrópole, nesta terça-feira (5).

“O que está acontecendo com Lula é uma sacanagem. Você pode ter a discordância que for com ele. Eu já tive e já disse várias vezes dos erros que cometeu, mas ele foi condenado sem provas. O Brasil não viu extratos. O Brasil não viu áudio, mala de dinheiro. No caso de Lula, não tem provas e tem punição. No caso de [do presidente Michel] Temer, sobram provas e não tem punição”, comparou.

O socialista e líder dos sem-teto reforçou a tese de que o petista foi punido sem provas e disse que é a favor da permissão de candidatura do ex-presidente.

“Não é uma questão apenas de quem vota em Lula e no PT. É uma questão de quem está preocupado com a democracia”, frisou.