Redação G8 News
jornalismo@g8news.com.br

 

O Ministério Público estadual instaurou nesta terça-feira (12), um inquérito civil para apurar a responsabilidade do Shopping da Bahia em possível prática de racismo institucional ocorrida na última segunda-feira (11), em fato que envolveu um segurança do estabelecimento e uma criança negra na praça de alimentação do centro comercial. A ação do segurança também será apurada pelo MP na área de proteção da criança e do adolescente, que já recebeu representações enviadas ao órgão pelo Juizado de Menores e por estudantes de Direito.

De acordo com o vídeo que circula nas redes sociais, o segurança tentou impedir várias vezes, que a criança almoçasse na praça de alimentação. O prato de comida teria sido ofertado por um rapaz, onde supostamente o menino era um pedinte.s decorrentes da atuação do segurança”, afirmou a promotora. Lívia Vaz explicou que a investigação na esfera civil não afasta a responsabilização criminal.