Redação G8 News
jornalismo@g8news.com.br

 

Após reação negativa da militância ao saber que o PSL deixaria de apoiar a candidatura de Zé Ronaldo (DEM) ao Governo do Estado, mesmo após a decisão de apoiá-lo já ter sido divulgada na convenção do partido, o PSL voltou atrás e desistiu de indicar o nome de Alberto Pimentel para vice na chapa encabeçada por João Henrique (PRTB), ex-prefeito de Salvador.

Durante uma coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (8), a presidente da sigla Dayane Pimentel, disse que a decisão de formar uma aliança com o PRTB foi tomada pela direção nacional do partido, e que ela está mantida no estado, mesmo sem a indicação de Alberto para vice.

“Foi uma deliberação de cima que nós apoiássemos quem está com Bolsonaro e aqui na Bahia quem está com Bolsomaro é o PRTB. Então esse apoio existe de forma institucional e eu, a presidente do PSL/Bahia, indico aos nossos eleitores que entendam qual é a melhor opção para a Bahia e apostem nessa opção.”

Dayane também comentou sobre um possível mal estar que teria ficado entre o PSL e o Democratas, após essa mudança de apoio em cima da hora.

“José Ronaldo é um homem muito experiente, um político que detém da admiração do PSL/Bahia. Ele entende que assim como ele dentro do Democratas não pode fazer campanha para o Bolsonaro, nós do PSL devemos marchar junto com o PRTB, que acopla o nosso candidato a vice-presidência. Então é uma questão de compreensão múltipla. Inteligente e preparado como é o José Ronaldo, com certeza ele entende esse cenário político, essas articulações”, minimizou.