Redação G8 News
jornalismo@g8news.com.br

 

O Senado da Argentina vetou durante a madrugada dessa sexta-feira (9), o projeto de lei que pretendia descriminalizar o aborto até a 14ª semana de gestação. O PL recebeu 31 votos a favor e 38 contra, além de 2 abstenções. A discussão sobre o assunto levou 16 horas.

O projeto já havia sido aprovado pela Câmara dos Deputados no dia 14 de junho. Com o resultado final, fica vetado um novo debate sobre o assunto no parlamento até próximo ano.