O apartamento triplex em Guarujá (SP), atribuído pelo Ministério Público Federal (MPF) ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi arrematado por R$ 2,2 milhões.

O lance foi feito pelo empresário Fernando Costa Gontijo, de 64 anos, de Brasília. Ele é o novo dono de um dos imóveis mais comentados do País: o triplex 164-A, no condomínio Solaris, no Guarujá (SP).

O apartamento foi o pivô da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato. Gontijo tem três dias para fazer o pagamento e oficializar o negócio.

“O triplex tem mais de 200 metros quadrados, uma vista privilegiada e, por trás dele, existe uma história. É uma aposta, mas acredito que pode ser um bom negócio”, disse Gontijo ao Estadão.