O governador da Bahia, Rui Costa (PT) fez, na manhã deste sábado (25), através da sua página no Facebook, um pronunciamento firme em defesa do legado do ex-presidente Lula e pelo direito à livre manifestação, além de criticar severamente o governo do atual presidente Michel Temer, a quem o governador culpou pela crise que assola o País.

Rui deixou claro que vai exercer o seu papel de mandatário do Estado e garantir o funcionamento dos serviços básicos à população baiana. O governador apelou aos caminhoneiros para que não causem colapso dos serviços públicos essenciais.

“Como cidadão, eu apoio e me solidarizo com todos aqueles que querem se manifestar e solicitar um Brasil melhor. Como governador da Bahia, tenho que não haja colapso nos serviços públicas. Tenho que garantir a segurança pública das pessoas, que os hospitais continuarão recebendo medicamentos e oxigênio. Precisamos garantir o funcionamento dos aeroportos, garantir o funcionamento do transporte público”, afirmou o governador, pedindo a “compreensão” dos manifestantes.

Ainda segundo ele, há indignação com a situação do país após o impeachment da presidente eleita Dilma Rousseff.

“Foi para isso que eles tiraram a presidenta Dilma? Com a Dilma, a gasolina era R$ 2,60; hoje, está R$ 5. Foi para isso que eles prenderam o ex-presidente Lula?”, questionou

ASSISTA AO PRONUNCIAMENTO DO GOVERNADOR: