Presente à audiência pública que debateu sobre a proposta do Ministério da Educação (MEC) de unificação dos institutos federais IF Baiano e Ifba em Valença, no Baixo Sul, o deputado estadual Hildécio Meireles (PSC) se solidarizou com a comunidade estudantil, com professores e diretores dos institutos, em sua maioria contrários à proposição governamental.

O encontro ocorreu no último dia 27 de junho, no Centro de Cultura Olívia Barradas, em solo valenciano, e contou com a presença de vereadores, estudantes e do corpo docente dos dois centros de ensino. De forma unânime, todos repudiaram a unificação e classificaram a ideia como um verdadeiro “desmonte da educação do Baixo Sul”.

Sensível aos anseios dos participantes, Hildécio Meireles assumiu o compromisso de fazer chegar ao comando do MEC as deliberações dessa sessão pública. Para isso, o parlamentar vai solicitar uma audiência com o ministro da Educação, Rossieli Soares, e pretende ir acompanhado de estudantes, professores e diretores do IF Baiano e do Ifba.

“Independente dos argumentos do MEC, a nossa decisão é de ficar ao lado dos estudantes, professores e diretores dos institutos. Para mim pouco importa quais políticos estão na condução dessa unificação, o mais importante é manter os dois institutos funcionando”, destacou o parlamentar.